quinta-feira, maio 12, 2011

Cursos de Verão do Centro de Estudos Clássicos (2011)

No sentido de promover o contacto entre a investigação e o ensino, o Centro de Estudos Clássicos apresenta seis propostas de Cursos a serem leccionados no Período de Verão de 2011.

Textos e Mitos da Antiguidade Clássica: Ecos de uma herança cultural

Responsáveis: Cristina Abranches Guerreiro / Ana Alexandra Alves de Sousa
Convidados: Ana Filipa Isidoro, Gabriel Alexandre Silva, Ivan Neves Figueiras, Luísa Resende, Rui Carlos Fonseca
07 Junho a 22 de Julho 2011 (inscrições até 6 de Junho)
3.ª e 6.ª-feira: 18h-20h; Sábado: 10h-13h
Vagas: 30
Propina: 80€ (público geral); 20,00€ (membros do CEC)

Retórica

Responsável: Rui Miguel Duarte
14 a 23 Junho 2011 (inscrições até 9 de Junho)
2.ª-feira: 16:00-20:00; 3.ª, 4.ª e 5.ª-feira: 16:30-20:00
Vagas: 18
Propina: 90 € (público geral); 22,50€ (membros do CEC)

Grego em hieróglifos. O grego micénico e o grego arcado-cipriota

Responsáveis: António J. G. de Freitas / Fotini Hadjitoffi
14 Junho a 14 Julho 2011 (inscrições até 9 de Junho)
3ª, 4ª e 5ª-feira: 15:00-17:00
Gratuito

Introdução ao Latim

Responsável: Ricardo Nobre
22 de Junho a 21 de Julho (inscrições até 21 de Junho)
3.ª, 4.ª e 5.ª-feira: das 17h às 19h
Vagas: 30
Propina: 30 € (alunos e funcionários da FLUL); 50 € (outros); 12,50€ (membros do CEC)

Paleografia Grega

Responsável: Rui Miguel Duarte
24 de Junho a 1 de Julho de 2011 (inscrições até 21 de Junho)
6.ª-feira: 15:30-20:00; 2.ª, 3.ª, 4.ª e 5.ª-feira: 16:00-20:00;
Vagas: 18
Propina: 85 € (público geral); 21,25€ (membros do CEC)

Introdução às técnicas de leitura de textos epigráficos antigos e medievais

Responsáveis: Manuela Alves Dias / Catarina Gaspar
Convidados: Docentes da FLUL, Univ. Barcelona e Univ. degli Studi di Macerata
27 Junho a 2 Julho 2011 (inscrições até 18 de Junho)
2.ª a 6.ª-feira: 9:30-13:00 e 14:30-17:30; Sábado: 12:00-17:00
Propina: 90 € (público geral); 22,50€ (membros do CEC)

Os cursos estão organizados de modo a conferir de 1 a 2 ECTS aos seus participantes (a confirmar), para que possam ser adicionados aos seus planos de estudo como cadeiras opcionais.

As inscrições já estão em curso junto do Secretariado do Centro.

sábado, março 19, 2011

Jornada: Fílon de Alexandria nas Origens da Cultura Ocidental

24 de Março de 2011 . SALA 2.13 . 10:00-17:00


Esta Jornada realiza-se no âmbito do Projecto “Fílon de Alexandria na Origens da Cultura Ocidental”; projecto que visa estudar e traduzir a obra deste grande pensador do Judaísmo helenístico, bem como a recepção da mesma na Patrística cristã.
Justamente reconhecido o principal representante da filosofia greco-judaica, Fílon situa-se na encruzilhada de três grandes civilizações da antiguidade: a judaica, a grega e a cristã; ele que foi oriundo de uma das mais nobres e prósperas famílias judaicas da diáspora, e um dos mais ilustres filhos da capital da cultura helenística. A sua vida situa-se entre 20 a.C. e 50 d.C. A sua obra é imensa e dela nos chegaram cinquenta tratados.
Traduzir a obra de Fílon em Português é uma dívida cultural que temos para com a lusofonia e a própria história. Mas os objectivos deste projecto não se esgotam na tradução. A abertura de horizontes deste grande pensador do Judaísmo helenístico, a sua visão sobre o mundo e a vida, a forma como veio a influenciar de modo extraordinariamente marcante o fenómeno dessa feliz convergência de culturas, o próprio fluir do Platonismo Médio e do Neoplatonismo, o pensamento teológico e filosófico da Patrística Cristã e também a exegese bíblica com a sua alegorese na época medieval, representam para nós um filão inesgotável e verdadeiramente desafiador a explorar.



Programa

10:00
– Abertura
10:15
– Sara J. K. Pearce (Universidade de Southampton, UK), «Philo on Jewish Law and Jewish Community.»
11:00
– Tatiana Faia (Universidade de Lisboa), «Embaixada a Calígula: Uma Evocação de Fílon de Alexandria por Agustina Bessa-Luís.»
11:30
– Intervalo
12:00
– Rui de Oliveira Duarte (Universidade de Lisboa), «Logos Endiathetos e Logos Prophorikos na Cristologia Patrística.»
13:00
– Almoço
15:00
– Cesar Motta Rios (Universidade de Belo Horizonte, Brasil), «Exílio, Diáspora e Saudades de Jerusalém: Estudo em Jeremias 29:1-14 e Fílon de Alexandria.»
15:30
– Maria Fernandes (Universidade de Lisboa), «O Profetismo no De Iosepho de Fílon de Alexandria.»
16:00
– Manuel Alexandre Júnior (Universidade de Lisboa), «Fílon de Alexandria na Interpretação das Escrituras.»
16:45
– Encerramento

sábado, março 12, 2011

Eles conhecem os deuses gregos e falam latim

Artigo de Bárbara Wong no Público de hoje sobre «estudantes que, desde os dez anos de idade, aprendem uma língua morta, o latim. Outros sabem de cor quem são Zeus, Deméter ou Hades e escrevem em grego os nomes do pai, da mãe e do gato. São uma raridade em Portugal, como são as línguas clássicas nos currículos nacionais».

terça-feira, fevereiro 22, 2011

Fílon de Alexandria

Na próxima quinta-feira, dia 24 de Fevereiro, pelas 14.30 na sala 5.2 da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, a professora Sofía Torallas Tovar, da Universidade Complutense de Madrid, dará uma lição subordinada ao tema «Língua e Cultura em Fílon de Alexandria». Esta conferência realiza-se no âmbito do Projecto «Fílon de Alexandria nas Origens da Cultura Ocidental» (FCT/CEC-FLUL).

domingo, dezembro 19, 2010

Morreu Jacqueline de Romilly

Uma das mais respeitadas classicistas do nosso tempo, com quem todos muito aprendemos, morreu com 97 anos.

quarta-feira, outubro 20, 2010

sábado, julho 31, 2010

Caligula

Reading old chronicles, epics, and biographies, Mr. Cogito sometimes feels persuaded of the physical presence of long deceased persons.

.....CALIGULA SAYS:
Among all the citizens of Rome
I loved only one
my horse — Incitatus

when he entered the Senate
his coat's unblemished toga
shone immaculate among lily-livered purple-clad murderers

Incitatus had many virtues
he never spoke in public
he had the nature of a Stoic
I think in his stable at night he must have read the philosophers

I loved him so much one day I decided to crucify him
but his noble anatomy would not allow it

he accepted his consul's rank indifferently
he wielded power in the best possible way
that is he didn't wield it at all

we failed to incline him to a steady relationship
with my dear wife Caesonia
and so sadly no line of centaur-emperors arose

that's why Rome fell

I decided to have him pronounced a god
but on his ninth day before the calends of February
Cherea Cornelius Sabinus and other fools stonewalled my pious plan

he received the news of my death calmly

he was thrown out of the palace and banished

he bore that blow with dignity

he died without progeny
slaughtered by a thick-skinned butcher from the municipality of Antium

about the posthumous fate of his flesh
Tacitus has nothing to say

Zbigniew Herbert, The Collected Poems 1956-1998, Harper Collins Publishers, New York, 2007 (trad. de Alissa Valles)


quarta-feira, julho 28, 2010

Why the Classics


1
in the fourth book of the Peloponnesian War
Thucydides tells among other things
the story of his unsuccessful expedition

among long speeches of chiefs
battles sieges plague
dense net of intrigues of diplomatic endeavours
the episode is like a pin
in a forest

the Greek colony Amphipolis
fell into the hands of Brasidos
because Thucydides was late with relief

for this he paid his native city
with lifelong exile

exiles of all times
know what price that is

2
generals of the most recent wars
if a similar affair happens to them
whine on their knees before posterity
praise their heroism and innocence

they accuse their subordinates
envious collegues
unfavourable winds

Thucydides says only
that he had seven ships
it was winter
and he sailed quickly

3
if art for its subject
will have a broken jar
a small broken soul
with a great self-pity

what will remain after us
will it be lovers' weeping
in a small dirty hotel
when wall-paper dawns

Zbigniew Herbert, The Collected Poems 1956-1998, Harper Collins Publishers, New York, 2007 (trad. de Alissa Valles)

segunda-feira, maio 24, 2010

quarta-feira, maio 19, 2010

Origem da Comédia

A associação que pretende congregar, a nível nacional, todos os estudantes e jovens interessados na Antiguidade Clássica tem agora um blogue. Está aqui.

segunda-feira, maio 17, 2010

Jornada de Cultura Neo-helénica

O Centro de Estudos Clássicos da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa está a organizar uma Jornada de Cultura Neo-helénica. Como o nome indica, trata-se de um dia dedicado à cultura helénica dos dias de hoje. Nesta jornada serão contempladas a poesia, a língua grega moderna, o cinema grego e haverá, no final do dia, um espaço dedicado à música e à gastronomia. Mais informações aqui.
Entrada livre.
Inscrições para efeitos de certificado e acesso a buffet: 10 € (estudantes de todas as univesidades) ; 20€ (público em geral).

XII Festival Internacional de Teatro de Tema Clássico

Ler mais aqui.

quinta-feira, abril 15, 2010

Clube de Clássicas




























A próxima sessão, dia 21 de Abril, pelas 16h30, contará com a presença do poeta Miguel-Manso. Que promete falar sobre tudo e também de poesia.
s

terça-feira, abril 13, 2010

Quinta sessão das Tertúlias Pré-socráticas



























Esta quinta sessão das Tertúlias Pré-socráticas terá lugar no Teatro Académico Gil Vicente e inicia-se às 18h00. O orador convidado é António Mesquita. Mais informações aqui. (Clique na imagem para aumentar.)